Sebrae passa a disponibilizar o emissor gratuito de NF-e que será descontinuado pela Sefaz.

A cerca de um ano, a notícia do fim do emissor gratuito oferecido pela Sefaz, tornou-se uma preocupação para muitas empresas brasileiras. O emissor gratuito que atualmente está na versão 3.10 e é alternativa para micro e pequenas empresas, será descontinuado imediatamente após o início da obrigatoriedade de adesão à versão 4.00 da Nota Fiscal Eletrônica.

Mas, além das alternativas já existentes no mercado, como por exemplo o emissor de Notas Fiscais eletrônicas oferecido pela Supprema Tecnologia, surgiu também uma nova opção para micro e pequenas empresas.

Segundo o portal do Sebrae, “a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo firmou parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para atender uma parcela de contribuintes que ainda utiliza os emissores gratuitos de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e). A Fazenda irá transferir ao Sebrae a solução gratuita e, a partir de julho de 2017, a instituição passará a disponibilizar e atualizar as versões do aplicativo para as empresas.” Clique aqui para mais informações.

Embora seja distribuído gratuitamente desde seu lançamento, apenas 7,8% das empresas brasileiras emitem NF-es pelo emissor desenvolvido pelo fisco. No caso do emissor de CT-es, o percentual é menor ainda, chegando a 3,7%. Esta foi uma das razões porque o governo optou por descontinuar a ferramenta, já que a grande maioria das empresas opta pelo uso de ferramentas próprias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.